domingo, 8 de fevereiro de 2009

Os livros e Ela















"Os livros são objetos transcendentes
Mas podemos amá-los do amor táctil
Que votamos aos maços de cigarro
Domá-los, cultivá-los em aquários,
Em estantes, gaiolas, em fogueiras
Ou lançá-los pra fora das janelas
(Talvez isso nos livre de lançarmo-nos)
Ou ­ o que é muito pior ­ por odiarmo-los
Podemos simplesmente escrever um."

Caetano Veloso in Livros



Lembrar dos livros é ter a cabeça nessa pessoa que surgiu em minha vida, a qual tenho devotados bilhetes. Para ela dedico esse post.

Ali onde se lê Juliana leia-se Juliena.
Como me disse, timidamente, não é Juliana é Juliena: uma mistura de Julia e Julieta. Peço desculpas se me atrapalhei na escrita. Eu conheço duas Júlias muito sapecas, inteligentes e desbravadoras do mundo e conheço também uma Julieta, nascida da cabeça de Shakespeare, amante e impulsiva, ela foi até as ultimas por um belo amor.
Ariana e amante dos livros, você, minha flor, vem transformando as minhas manhãs em convites à leitura. Passei a manhã lendo e lembrando de ti. Quando começo a ler um livro, me deixo envolver e embarco. Não sei se como você mas deixo o mundo lá fora e fico aqui descobrindo esse novo mundo. Estou lendo O caçador de pipas, vc conhece a história? A capa me fascinou e assim me deixei levar na leitura e assim vou indo... Nessas férias me dediquei a leitura de muitos livros e você qual seu livro de cabeceira?

Um comentário:

Alexsandro Oliveira Santos disse...

ando lendo 'o amor é um cão dos diabos, de bukowsky. e 'carta ao pai' de kafka.
sentimentos: realidades e sentimentos transvestidos de palavras.